Juazeiro do Norte se prepara para o cinquentenário do monumento do Padre Cícero

Por: Raíssa Rodrigues

50 anos de edificação do monumento do Padre Cícero

A prefeitura de Juazeiro do Norte, no Ceará, vai  iniciar os preparativos para as comemorações dos 50 anos de edificação do monumento do Padre Cicero, localizado na colina do horto. Segundo o prefeito Arnon Bezerra, a Secretaria de Turismo e Romarias – SETUR vai elaborar uma vasta programação para o ano do cinquentenário do monumento, um dos pontos turísticos mais visitados no Brasil. “Nāo mediremos esforços para realizarmos um grande evento este ano, justo no ano em que vamos comemorar uma data mais que especial do nosso ícone turístico”, afirmou o prefeito, ressaltando que “no ano de 1984 testemunhamos um grande acontecimento que foi o cinquentenário de morte do nosso Padre Cicero e agora chegou a vez do cinquentenário do seu monumento.

O Prefeito Arnon Bezerra afirmou ainda que “o ano de 2019 ficará conhecido como o ano do cinquentenário da Estátua do Padre Cicero, que foi edificada no final dos anos 60 e inaugura no dia 1º de novembro de 1969”. O idealizador da monumental obra que levou o nome de Juazeiro do Norte e do Padre Cicero para o Brasil e o mundo foi o entāo prefeito José Mauro Castelo Branco Sampaio, imortalizado pelo grande feito. A época foi considerada como a terceiro maio monumento do mundo, medindo 27 metros de altura e pesando mais de 500 toneladas. Anualmente recebe milhares de visitantes oriundos de todo país e até do exterior, que, vem a Juazeiro do Norte, pedir  ou agradecer uma graça, fazer uma promessa ou simplesmente conhecer melhor a história de um padre simples e dedicado ao seu povo. Padre Cicero Romão Batista nasceu em 24 de março de 1844 e faleceu em 20 de julho de 1934, aos 90 anos de idade.

Desde sua morte a cidade de Juazeiro do Norte começou a se desenvolver ano a ano e, com apenas 107 anos de emancipada, deixou para trás cidades com o dobre de sua existência ou até da mesma época. Graças ao Padre Cicero, Juazeiro do Norte se tornou uma terra abençoada, com um comércio em crescimento e considerada com o uma das melhores cidades para se investir. A fé e a devoção dos romeiros ao Padre Cicero aumentam a cada ano e a prova maior pode se constar nas ruas da cidade, que, mesmo nao sendo período de romarias, romeiro é o que nāo tem faltado todos os dias. Desde o dia 20 de dezembro, até 20 de janeiro, vem surgindo uma quarta romaria, surpreendendo a igreja e o comércio.

ROMARIAS

As maiores romarias na terra do Padre Cicero acontecem em três grande momentos. Em fevereiro acontece a romaria de Nossa Senhora das Candeias, iniciada sempre em 29 de janeiro e tendo seu ponto alto no dia 02 de fevereiro. É considerada como a terceira maior romaria do ano. Em setembro, de 10 a 15 do mês, vem a Romaria de Nossa Senhora das Dores, padroeira de Juazeiro do Norte, que se classifica como a segunda maior romaria. Em novembro, a romaria de finados se classifica como a maior romaria do ano, iniciada sempre em 29 de outubro, indo até dia 02 de novembro, dia de finados. Além das três grandes romarias, uma grande movimentação de romeiros acontece no dia 24 de março, data de nascimento do Padre Cicero e 20 de julho, data de sua morte.

Fonte: https://www.portaltvcariri.com.br/

Anterior Frei Gonçalo de Amarante
Próximo Sexta-feira depois da Epifania